quinta-feira, 5 de março de 2009

Falta um comandante


O jogo de ontem mostraria uma "certa" nova cara, pós-era Pintado, mostrando se a falta de padrão de jogo atrapalhava tanto quanto a falta de bons jogadores em determinadas posições. Do chamado amontoado dentro de campo, se viu foi um time sem conjunto, porem esboçando um luz no fim do tunel, até a expulsão do jogador do time adversário, onde o time acomodou com o placar e deu lembranças de um passado recente apresentando um mau futebol.
Um garoto da base volta a dar reais esperanças de um bom futebol, esse é Lucas, lateral direito que da provas que o time terá UMA boa jogada (pelo menos) finalmente, o garoto mostra rapidez, agilidade, personalidade e vontade de jogar, essa última, coisa que mais falta em certos jogadores, mas a falta de conjunto não deixou o garoto brilhar ainda mais, sem um companheiro que pudesse encostar e formar mais jogadas combinadas, uma tabela, um "toca y me voy", um overlapping. Essa falta de conjunto, se chama "falta de um comandante", um técnico que tenha uma boa leitura de jogo e que desenvolva (muito) isso nos treinos, pois vemos a tempos no futebol brasileiro varios times de baixissimo indice técnico, mas que pelo conjunto chegam a libertadores por exemplo. O Grêmio é um exemplo... pra que time mais copero que o Grêmio, qual as estrelas deles? Tcheco? Temos Talhetti... Um Pereira na zaga? Temos Regis... Victor no gol? Wilson muito melhor... Souza ou Rafael Carioca no meio campo? Pedrinho aqui... Então vemos que a espinha dorsal esta feita, isso só se comparando ao Gremio do ano passado que chegou a libertadores no caso... Então novas contratações (Anderson Pico que é boleiro já chegou) mais um bom zagueiro que jogue firme junto a Régis, e mais um atacante que meta medo no time adversario, creio que o Figueirense bem escalado, bem estruturado e postado dentro de campo nossa torcida poderá ter mais esperanças para esse tortuoso ano de descenso, mas afirmo, que mais do que boas contratações, com essa minha idéia de "espinha dorsal" bem formada, se o clube contratar BEM o técnico, podemos ter boas novas. Para mim o novo técnico tem que ter a caracteristica de estrategista, daqueles bem malucos tipo "Adilson Batista o técnico cientista" que possuem ótima leitura dos seus jogadores e de estratégia de jogo (pra meter dois atacantes ao mesmo tempo tirando um lateral e um meio campo sabe? rsss) e com aquele algo a mais do "vamo lá, vamo lá" que o Pintado tinha, acho que Vagner Benazzi se enquadra nesse perfil, conhecedor da divisão de acesso a Séria A. Benazzi conhece os caminhos para enfrentar esses times de segunda que viram por ai e seu vasto histórico de participações em campeonatos paulista e série b, é um cara muito bem informado sobre bons jogadores, pois vive intensamente os campeonatos podendo ser um técnico que o Figueira precisa urgentemente, que é um formador de grupo, pois se deixar na mão dos caras contratando em DVD ou You Tube's da vida (Aloooow Juninho Xavieeeer). Série B é garra, é força, é o coração na ponta da chuteira, por favor, não vamos contratar outro inexperiente para o cargo... por favor....

2 comentários:

jbmartins disse...

Como diz o meu filho, é Pai a coisa ta feia, assim.

jbmartins disse...

Na minha opinião o Juninho é o mais ruim do time.