segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Ainda sem um bom padrão de jogo

Na tarde de ontem o Alvinegro do Estreito entrou em campo para enfrentar o Atlético Tubarão, equipe com a segunda pior campanha do turno. Mais uma vez teve muito trabalho para conquistar os três pontos.

Continuo tentando descobrir o que o Pintado treina com essa equipe. Começou o returno e nenhuma joga ensaiada aparece, padrão de jogo então nem da para comentar. Espero que tudo mude muito rápido. Pelo menos a postura do técnico parece ter mudando, declarando que o período de experiências acabou.

Pontos positivos:

Talhetti: Iniciou pela primeira vez uma partida e não se omitiu, deu movimentação ao meio campo enquanto seu físico permitiu, pois devido à falta de ritmo teve que ser substituído.

Roger: mesmo improvisado na zaga mostrou ser o mais lúcido da equipe, em minha opinião o melhor em campo.

Wilson: mais uma vez mostrou sua importância salvando aos 44 do segundo tempo o que seria o empate do Tubarão.

Rafael Coelho: mesmo contestado tem resolvido, entrou com o placar adverso e não amarelo. Tem que ser titular!

Pontos negativos:

Impotência do ataque: Ricardinho como sempre amarrou muito a bola e desperdiçou chances de ataque chutando muito de fora da área sem levar perigo. Marcelo pouco tocou na bola e também passou em branco.

O papelão da tarde:

Ficou para a organização do jogo, que tocou o Hino Nacional com a partida em andamento. Um desrespeito à nação!

2 comentários:

Saulo disse...

Foi boa a vitória, mas o Figueira precisa jogar mais bola.
Esse ataque precisa melhorar principalmente para a disputa da Série B.

jbmartins disse...

Figueira muitooooooo Ruiiiiiiimmmmmm
este juninho ta ruim é o mais ruim do time erra passe incriveis, deixa um buraco incrivel no meio, tira o cara, Vaza Pintado.